Duas centenas de amantes da BTT assinalaram o Dia Mundial da Bicicleta

Futuro: “A ambição é colocar uma ciclovia dentro da Quinta do Gradil e desta forma inserir a produtora de vinhos de Lisboa nos principais mapas e guias de trilhas nacionais.”, Bruno Gomes

Hoje celebra-se o Dia Mundial da Bicicleta e no passado domingo, dia 17 de abril, para assinalar a efeméride realizou-se na Quinta do Gradil a primeira Wine Bike Tour. Duas centenas de amantes da modalidade percorreram 40 km em bicicleta pelo meio das vinhas, ficaram a conhecer a variedade de castas típicas da região, e contribuíram para a afirmação da propriedade, que no séc. XVIII pertenceu ao Marques de Pombal, como entidade promotora de um Enoturismo Ativo. 

Dona de uma vasta área verde, no total entre vinha plantada, eucaliptal e pinheiros bravos são 200 hectares, a Quinta do Gradil decidiu iniciar no ano passado a sua aposta em atividades ao ar livre. O objetivo é contar a história do vinho através do desporto e do contacto direto com a vinha. Uma prática que acaba por tocar na política de Responsabilidade Social da Empresa, que cada vez mais quer ter um papel ativo junto do consumidor no que respeita aos benefícios de um consumo moderado de vinho. 

O Oeste é uma das regiões turísticas com maior potencial e a oferta entre o mar e a serra é bastante diversificada. Tendo em conta a sua atividade e a harmonia natural entre o turismo e o setor vitivinícola, a Quinta do Gradil está sempre a alargar o seu projeto de Enoturismo com atividades que permitam usufruir do melhor que a região tem. “O feedback que recebemos da primeira iniciativa que realizamos deste género, em novembro passado com a corrida a pé, foi tão positivo que ficámos desde logo com a certeza de que voltaremos a repetir este género de atividades”, conta Bruno Gomes, responsável pela área de Enoturismo da Quinta. E acrescenta “a ambição é colocar uma ciclovia dentro da Quinta do Gradil e desta forma inserir a produtora de vinhos de Lisboa nos principais mapas e guias de trilhas nacionais.”