Gestos que marcam

Os colaboradores da Quinta do Gradil, empresa produtora de vinhos da Região Vitivinícola de Lisboa, foram responsáveis pelas obras de beneficiação da ATLA, Associação de Tempos Livres de Alfama. A iniciativa, no âmbito da política de Responsabilidade Social da empresa, juntou 45 colaboradores que foram voluntários e participaram na obra que vai permitir reforçar ainda mais o compromisso da Instituição com a criação de um ambiente mais próximo do ambiente familiar, cumprindo os requisitos definidos pela Segurança Social.

Com este apoio, a Quinta do Gradil contribuiu para melhorar o dia-a-dia de 45 crianças e jovens carenciadas, que frequentam diariamente esta IPSS. Para isso,a intervenção dos colaboradores centrou-se em tentar perceber como as crianças e jovens poderiam ter uma casa para os seus tempos livres mais segura e didática, com mais conforto, e mais próxima de um lar.

Para Luís Vieira, Presidente da Quinta do Gradil, “Mais do que uma ação de responsabilidade social ou team building moveu-nos o desafio de contribuir, cada um de nós, com o nosso trabalho para melhorar o dia a dia das crianças que beneficiam deste espaço.”

"A ATLA é uma causa pela qual toda uma equipa se dedica, envolve e cuida. O contributo e a presença da equipa da Quinta do Gradil na nossa ATLA, para além da gratificação de ver outros a cuidarem do nosso espaço veio permitir que muitos dos nossos sonhos fossem concretizados. As crianças como as flores precisam de ar e luz para crescer.", partilha Ana Cardoso, Presidente da ATLA.

Com este apoio, a Quinta do Gradil, com a sua marca Castelo do Sulco, cujo posicionamento assenta no conceito “Lisboa em Garrafa”, inaugura dentro da sua política de Responsabilidade Social o compromisso de participar não só no desenvolvimento da comunidade envolvente, onde está localizada, mas também no seio da cidade da Região Vitivinícola à qual pertence – Lisboa.

Castelo do Sulco, by Quinta do Gradil aposta na afirmação dos vinhos de Lisboa. A nova gama de entrada da Quinta do Gradil é uma marca mais democrática, uma oferta para jovens, amantes da cidade histórica, turistas, apreciadores de boa gastronomia, da movida Lisboeta, de convívios entre amigos. É um pouco de Lisboa dentro de uma garrafa. É “Lisboa em garrafa”.